logo
7 dicas para fazer seu negócio prosperar durante a crise do coronavírus
Como manter meu negócio durante a crise do coronavírus
Ícaro Burtet
22 de junho de 2020 · 7 min

Quer saber como minimizar os impactos da crise no seu negócio? Essa lista vai te ajudar!

O desafio do momento é superar a crise gerada pela pandemia do Coronavírus. Os efeitos já começam a ser sentidos e as empresas devem se adaptar ao novo cenário para evitar queda de receita, demissões ou até mesmo o fechamento das portas. Por isso preparamos uma lista com 7 dicas para te ajudar a lidar com as consequências da pandemia! Olha só:

1. Prepare um plano de ação

É necessário ser ‘pé no chão’ e planejar antes de tomar qualquer atitude. Gerir um negócio é sempre desafiador, e não seria diferente em tempos de crise. Com um plano de ação nas mãos você define metas e cria pequenas tarefas para alcançar seus objetivos. Assim, você tem uma visão ampliada do que precisa ser feito, como, e por quem.

2. Adapte-se

A pandemia pegou muita gente desprevenida, mas agora é o momento de se reinventar. Algumas adaptações serão necessárias e elas continuarão sendo úteis para o seu negócio no futuro. Crises não duram para sempre, porém, especialistas acreditam que os efeitos do Coronavírus irão mudar efetivamente as relações com o seu cliente, consumo e meios de trabalho.

3. Apareça

Certifique-se de que o seu cliente sabe que você está atendendo e ofereça opções. Mesmo com a abertura do comércio, muitas pessoas ainda não estão saindo de casa - e tudo bem! Deixe claro que você pode atender essas pessoas através de vendas online.

4. Se for necessário, faça cortes

Faça uma revisão de todas as entradas e saídas do seu negócio e identifique economias que você pode fazer hoje. Procure renegociar suas dívidas - converse com seus credores e negocie novos prazos e condições de pagamento. Você também pode procurar por auxílios oferecidos pelo Governo devido à pandemia.

5. Foque no seu diferencial

Constantemente você deve convencer o seu cliente a comprar de você, e não na concorrência. Por isso, foque no seu diferencial e mostre de forma simples porque seu negócio é a melhor escolha! Não se esqueça de pensar no consumidor - ele também está passando pela pandemia: ofereça descontos, condições de pagamento diferenciadas, entrega grátis, etc.

6. Não pare de estudar

Se tem uma coisa que deve ser constante na sua vida é o estudo - agora, mais do que nunca. Aproveite todo tempo livre para se atualizar, aprender e inovar. Conhecimento é necessário em todos os momentos, não só nos ruins.

7. Procure um financiamento

Uma ajuda financeira para manter seu negócio funcionando pode ser uma boa opção para manter o fluxo de caixa saudável durante a crise. Aqui na Bom você encontra financiamentos de até R$15mil, em até 24x e com juros a partir de 0%a.m.. A liberação do dinheiro para a sua empresa é rápido e feito 100% online.

CLIQUE AQUI E FAÇA UMA SIMULAÇÃO

o que e banco e fintech

Qual a diferença entre Banco e Fintech?

onde investir primeiro na minha empresa

6 áreas importantes para investir no seu negócio

primeiros passos para um negocio de sucesso

Como abrir um negócio de sucesso

logo
©2018 - 2022. Todos os direitos reservados. Bom Correspondente Financeiro Ltda. ME. – CNPJ 31.334.049/0001-04.
A Bom Correspondente Financeiro Ltda. ME não é uma instituição financeira e não realiza operações de crédito diretamente nos termos do artigo 2º, da Resolução CMN nº 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. Bom Correspondente Financeiro Ltda. ME. não realiza operações de financiamento e/ou investimento diretamente, tampouco realiza quaisquer outras operações privativas de instituições financeiras. Todos os financiamentos e/ou investimentos são realizados através da Instituição Financeira Parceira BMP Money Plus Sociedade de Crédito Direto S.A. (CNPJ: 34.337.707/0001-00), devidamente autorizada pelo Banco Central do Brasil a realizar esse tipo de atividade.
A análise de crédito e cálculo das taxas de juros dependem de diversas informações disponibilizadas por você, tais como dados pessoais, valor solicitado e número de parcelas. Toda avaliação será realizada conforme a política de crédito da Instituição Financeira. Antes da contratação de qualquer serviço através da Bom, você receberá todas as condições e informações relativas ao empréstimo de forma completa e transparente, incluindo impostos incidentes (IOF) e o custo efetivo total (CET) da operação. O atraso ou não pagamento de prestações do contrato de empréstimo pessoal pode ter consequências legais, tais como a inclusão de nome nos cadastros dos órgãos de proteção ao crédito, o protesto de títulos e o ajuizamento de ações de cobrança.
*Os valores e prazos estão sujeitos a análise de crédito e aprovação conforme a política de crédito da Instituição Financeira.
As taxas da Bom variam entre 1,99% e 10,00% ao mês. O CET (Custo Efetivo Total) pode variar de 2,99% a 16,00% ao mês, dependendo da análise de crédito do cliente e da opção de parcelamento (até 24 vezes). Exemplo: um empréstimo de R$ 10.000,00 em 24 meses poderá ter parcelas de R$ 618,48, um valor total de R$ 14.843,52, juros de 3,4% a.m. (49,9% a.a.) e CET de 4,2% a.m (64,4% a.a.). Estes valores são exemplificativos e poderão variar de acordo com os critérios de aprovação de crédito da Instituição Financeira.

Siga nossas redes sociais

Contato

(47) 9 9977-1397

(Somente WhatsApp)
Santa Catarina
ola@usebom.comR. Max Wilhelm, 373 - Vila Baependi, Jaraguá do Sul - SC, 89256-000
selo fintech segura

Suas informações estão seguras.